sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Podcasts - Parte 2

Nesta segunda parte de indicações teremos podcasts de humor, variedades.

Um dos melhores podcasts da atualidade. Além de comentarem as últimas novidades do cinema, quadrinhos, livros, música e teatro, os caras falam muita merda, o que torna o bate-papo extremamente divertido. As histórias e comentários do Mario Abbade são impagáveis. Já aviso: eles são muito politicamente incorretos.

Uma equipe porra-louca falando bobagens. Quer coisa melhor?

Quem tem competência pra fazer um podcast sobre o anime Evangelion já merece nosso respeito. A galera do JWave aborda vários temas dentro da cultura pop, nerd e japonesa de uma forma bem divertida. Eles tem tudo para se destacarem ainda mais.

Temas variados tratados de forma descontraída. A fórmula parece batida, mas o pessoal do ComboCast faz isso muito bem, o que vale a audição.

Fique atualizado sobre todas as novidades do universo nerd de uma forma divertida.

O “podcast sério” do nosso amigo Rod Reis, colorista de quadrinhos da DC Comics. Sempre convidando artistas para bater um papo sobre... arte em geral. Excelente para quem gosta do assunto.

Amados ou odiados, uma coisa não podemos negar: eles são bons, e sempre podemos esperar um podcast, no mínimo, razoável, não importa o tema.

Os mais variados temas sob a ótica dos gordos (às vezes eles ocnvidam algum magro). Interessante e muito engraçado, sem dúvida um dos melhores podcasts da atualidade.

A galera do Baú Pirata é mestra em fazer podcasts longos, e consequentemente com muito conteúdo. Eles fazem um esquema muito legal: um episódio temático e outro apenas pra dar feedback aos ouvintes que mandaram e-mails e comentários. Um episódio complementa o outro. Informação é o que não falta.

O “podcast das vinhetas”. Quem ouve vários podcasts irá se divertir muito com as “participações” que só a mágica da edição é capaz de proporcionar.

Sempre muito críticos, o QG trata dos mais variados temas de forma lúcida, mas sem serem chatos ou pedantes. Além do que, eles tem o mérito de terem feito uma das entrevistas mais ilustres e inusitadas do podcast brasileiro: INRI Cristo! Sensacional!

Leo Lopes utiliza sua destreza de radialista para fazer um podcast com formato inovador: a bagaça é editada ao vivo! Sim, enquanto nós, meros mortais, gastamos horas na edição de áudio, Leo Lopes conduz o bate-papo já com a música de fundo e efeitos sonoros, fazendo tudo ali, na hora. Tive a honra de participar de uma gravação, e é incrível como as coisas funcionam bem. A maioria das gravações do Radiofobia são transmitidas ao vivo, que é uma experiência muito legal, pois os ouvintes ficam no chat falando um monte de abobrinhas, tornando o “pograma” ainda melhor.

O “podcast escroto” do nosso amigo Rod Reis, colorista da DC Comics. Um papo insano sobre coisa alguma.

Eduardo Moreira traz as novidades do mundo tecnológico. Apesar de não ter convidados, Eduardo Moreira conduz o podcast de forma impecável, sempre com muito conteúdo relevante.

A galera tosca não tem pudor, piedade nem bom senso. Espere papos insanos com convidados insanos e muitas piadas de baixo nível. Diversão garantida.
Conheça também o Fast n’ Fuck, um podcast curto, mas tão engraçado quanto.

Quem ficou traumatizado com as aulas chatas de história, ouça este podcast. Você verá que o problema estava no seu professor.

Quem gosta de mitologia, eis um podcast que trata do assunto.


Outros que vale a pena conhecer:
PodCats (o episódio 03 sobre mentiras é muito bom)

1 comentários:

Flávio disse...

Valeu pelo jabá Almighty!

Postar um comentário

Deixe seus comentários / críticas / elogios.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.