domingo, 7 de novembro de 2010

Jogos independentes

No Bermudacast 13, sobre mídias independentes, esquecemos de falar sobre uma área que cresce muito na atualidade: os games. A indústria dos jogos eletrônicos tornou-se maior que a do cinema, e muita coisa independente é criada, desde originais até os famosos "mods". Um exemplo muito famoso foi o Counter Strike, modificação não-oficial do clássico Half Life, que virou febre nas lan houses no início deste século. Hoje, o Counter Strike é um jogo próprio e autônomo, vendido no Steam pela própria produtora do Half Life, a Valve.
Mais uma vez o Steam sendo citado por aqui. Porém, é impossível ignorar esse site que trouxe um sistema muito interessante para compra de jogos, geralmente com preços atrativos. Inclusive há um leque vasto de jogos independentes (rotulados de "Indie") sendo vendidos no site, muitos com qualidade excepcional. É muito bom ver uma grande empresa dando espaço para produtoras menores divulgarem seu trabalho. Para citar alguns exemplos:

1) Braid: jogo de plataforma muito aclamado pela mídia e pelo público. Ganhou muito destaque na época de seu lançamento, tanto pelos gráficos quanto pela idéia. À primeira vista, parece um simples joguinho de plataforma no estilo Super Mario. Mas há um grande diferencial: o personagem pode voltar no tempo (como se rebobinasse sua própria vida) para refazer suas ações e conseguir passar das fases.

2) Dogfighter: jogo de avião bem simples, mas divertido. Com diversas modalidades de jogo voltadas principalmente para o multiplayer.

3) Trine: lembram do Lost Vikings, onde você controlava 3 vikings (sério???), cada um com habilidade própria? Pulo, defesa e ataque. Usando os 3 personagens, você vencia os obstáculos e resolvia os quebra-cabeças até chegar no final da fase. Trine usou uma idéia parecida. Você controla um guerreiro, uma ladra e um mago, que tiveram suas almas fusionadas pela relíquia chamada Trine. Usando as habilidades de cada um, os personagens tem que vencer os obstáculos e conseguir encontrar um jeito de separar suas almas. Os gráficos são muito bonitos, e a jogabilidade bem simples.

4) Beat Hazard: um dos jogos mais legais que já joguei. Uniram 2 idéias: o clássico Asteroids com o sistema do AudioSurf (outro jogo indie bem interessante). Você escolhe qualquer música de sua lista de mp3 para tocar, e, de acordo com a intensidade e velocidade, o cenário, inimigos e a força do seu tiro reagem. Matando os inimigos, você consegue pontos e itens que aumentam a força do tiro e o volume da trilha sonora. É uma idéia genial que transforma a tela num mar psicodélico de luzes e explosões ao som de sua banda favorita. Vejam este vídeo para terem uma idéia melhor (SE VOCÊ SOFRE DE EPILEPSIA, TEM SENSIBILIDADE A LUZES PISCANDO RAPIDAMENTE OU QUALQUER OUTRO PROBLEMA SEMELHANTE, NÃO ASSISTA!).

5) World of Goo: este aqui é interessante. Em 2004 ou 2005, um site divulgou alguns projetos de jogos independentes, entre eles um tal de Tower of Goo. A idéia era simples: usar umas melequinhas simpáticas para construir uma torre. Como era apenas um projeto de jogo, não haviam fases nem objetivos a cumprir. O negócio era erguer a torre mais alta que você conseguisse. A física do jogo era impressionante, levando em conta o peso e formato da torre. Este ano, quando comecei a usar o Steam, me deparei com World of Goo, e fiquei feliz em saber que aquele projeto tão interessante virou um jogo tão bem avaliado (nota 90, de 100). Estou esperando uma promoção pra comprar essa pérola.

Muito conteúdo de qualidade é produzido no meio independente, mas a maioria permanece desconhecido. Felizmente, a internet facilita a divulgação desse conteúdo, o que pode gerar bons frutos. Os jogos citados acima são alguns poucos exemplos.

1 comentários:

KINHA disse...

Olá
Eu sou a Kinha do blog AMIGA DA MODA e também estou concorrendo ao prêmio TopBlog, na categoria VARIEDADES. Vim fazer uma proposta: “UM VOTO POR UM VOTO”. Eu voto em seu blog e vc no meu. Que tal a proposta?
Gostei do se blog e estou te seguindo. Se gostar do meu, me siga também.
Vou aguardar a sua visita.
http://amigadamoda.blogspot.com
Bjo

Postar um comentário

Deixe seus comentários / críticas / elogios.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.