sexta-feira, 28 de maio de 2010

A graça do gratuito

Uma das melhores formas de divulgar um produto/serviço é dando amostra grátis. O Google é mestre nisso. Todos os seus serviços são excelentes e gratuitos. Com isso, eles adquirem milhões de usuários fiéis, criando um potencial alvo de futuras propagandas.
Existe um famoso site de compra de games chamado Steam. Ele possui um sistema muito interessante: você paga pra fazer o download do jogo. E geralmente os preços são muito atrativos, constantemente com descontos enormes. Há alguns dias, o Steam disponibilizou até 24 de maio o fantástico jogo Portal para download gratuito. Mais de 2 milhões de pessoas baixaram. O que o Steam ganhou com isso? Divulgação, e milhares de novos consumidores. Inclusive este que vos escreve. Passei a acompanhar os lançamentos e promoções de site, e no final das contas, comprei o clássico Half Life 2 por míseros 7 dólares, preço este quase impossível de encontrar no Brasil (camelô não conta). O que mais me impressionou foi o sistema de compra: basta colocar os dados de seu cartão de crédito (que deve ter suporte a compras internacionais) e em menos de 1 minuto eles validam e dão a autorização para o download do jogo. Vantagens: não há frete ou impostos de importação. Se você possuir uma internet bem rápida, em poucos minutos o jogo estará no seu computador, pronto pra ser jogado. Só pra constar, o servidor do Steam é excelente, tanto que a taxa de download é máxima e constante. Os servidores para jogar multiplayer também são muito bons.
Essa é a vantagem de dar amostras grátis de seu serviço. As pessoas acabam elogiando e fazem propaganda gratuita pra você.

3 comentários:

Alcure disse...

HEhehhe, esse Steam andou me falindo nos ultimos anos. Acho que já gastei mais de 1000 reais com jogos nessa merda ao longo de todo esse tempo, hueuhehuehuehue.

Almighty disse...

Você é um fanfarrão! =D

cHiPs disse...

Eu nunca comprei um jogo nesse site. Mas achei uma ótima ferramenta!

Viva as mídias digitais!

Postar um comentário

Deixe seus comentários / críticas / elogios.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.