terça-feira, 9 de março de 2010

Sua mãe

Uma garota prestou concurso para o Ministério Público do Rio de Janeiro. Logo na primeira etapa, ela não passou. Olhando sua prova, verificou que haviam algumas questões passíveis de anulação. E, se anuladas, ela poderia passar para a próxima etapa. Sua mãe, que é juíza, disse para ela deixar pra lá, pois não compensa recorrer nesses casos, dá muito trabalho, blá blá blá.
A menina pensou: "Não tenho nada a perder", e recorreu.
Conclusão: ela passou para a próxima etapa, e para a próxima, e para a próxima. Desbancou muitos, mais muitos outros concorrentes. Temos uma nova promotora no Rio de Janeiro.
Moral da história: nem sempre sua mãe está certa.

1 comentários:

cHiPs disse...

Nem a sua!

Postar um comentário

Deixe seus comentários / críticas / elogios.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.