quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Teatro de Profissionais

Um cenário que vi hoje me fez pensar na condição de Chefe x Subordinado, e como na verdade tudo parece nada mais passa de um teatro, uma dança, onde cada um assume o papel que lhe convêm e troca de papéis... hora conduzindo... hora sendo conduzido...

A verdade é que, apesar de hoje o papel exigido pelas empresas ser muito mais de "líder" do que daquele "chefe" que conhecemos, e cada vez mais termos a formação de "equipes" ao invés de "empregados", está de certa forma implícito na nossa cultura o papel de chefe e o papel de subordinado... Esses dois perfis co-existem dentro de nossa "natureza profissional", mas me espantou o quão fácil mudamos e assumimos o perfil que nos convêm...

Vamos lá...


Um diretor mímico da Ursulino S/A, visando a criação de um programa de capacitação dos ursos, resolve que é necessário ter um "termometro" para saber a partir de que ponto deve criar o programa... Para que não fique no "basicão" entediando a maioria nem avançado demais para todos...

Então, como solução, é aplicado um questionário sobre as atividades foco do programa de capacitação, para todos os funcionários da empresa, para avaliar o nível de conhecimento sobre o assunto.

Mais do que explicado sobre o motivo, os chefes ursos recebem a notícia da aplicação do questionário, que deveria ser respondido por eles inclusive, e explicado e solicitado a todos os funcionários que o fizesse.

A fala do chefe Ursulão é simples: "Não precisam se preocupar, pois o questionário é apenas para avaliar o nível de conhecimento geral dos empregados sobre o assunto..."

Mas, como todo bom urso subordinado, que parece que não entendeu o motivo: _Vamos estudar ou fazer o questionário "em conjunto" para não "fazer feio" diante do Ursulão!

MAS QUE CA$%#LHO! Não foi explicado que o motivo era ter um feedback da realidade da equipe?

Nesse momento, onde o chefe Ursulão deveria ter o feeling de intervir e mostrar os ursos que não se tratava de uma "PROVA" no pé da letra... mas não... nessa hora o chefe Ursulão assume seu perfil de subordinado, e entra no jogo, pesquisando, reunindo a turma dos ursos e fazendo as "colas" para que todos tivessem um ótimo resultado, achando que ao fazer isso ira aparecer "bonito na foto" pro seu superior...

Na realidade, a única coisa que foi feita foi "mascarar" a realidade - diga-se que é uma prática muito comum nos dias de hoje nas empresas -.

Mas infelizmente, até por motivos históricos e educacionais, estaremos sempre assumindo os papéis com seus estereótipos pré-determinados...

Assim como professor e aluno assumem seus papéis - seja o professor de 20 anos de idade com seu ar de intelectual, sabichão e responsável durante o dia e faz farra na faculdade a noite... como o grande empresário de 40 anos que fica matando aula do MBA pra jogar papo fora... - sempre seremos chefes e subordinados quando nos convir e o "papel" couber em cena...

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seus comentários / críticas / elogios.

OBS: Os comentários dos leitores não refletem as opiniões do blog.